Embu das Artes

Uma cidade que respira Arte!

Há aproximadamente 30 quilômetros da cidade de São Paulo, situa-se um município conhecido por sua arte.

Embu das Artes é uma cidade que fica na região metropolitana de São Paulo e que tem fácil acesso pelas principais rodovias do estado.

Emancipada em 18 de fevereiro de 1959, Embu das Artes tem sua história ligada à colonização Portuguesa e a presença dos Jesuítas, que construíram o conhecido Complexo Nossa Senhora do Rosário, situado no centro histórico da cidade e que hoje, abriga o Museu de Arte Sacra.

Seu nome...

O nome da cidade tem origens indígenas e inicialmente era conhecida como M’Boy; que era um povoado da cidade de Itapecerica da Serra. Em 1938 o povoado passa a ser chamado de Embú, anos mais tarde inicia-se o movimento que pedia a emancipação política e administrativa de Itapecerica da Serra e, em 1959, Embu é declarada como município.

Por sua grande ligação com a arte, o município sempre foi conhecido como Embu das Artes; mas apenas em 2011, após um plebiscito, o complemento “das Artes” foi incorporado ao nome da cidade, reconhecendo-a definitivamente como Embu das Artes.

Sua arte...

A história da arte na cidade inicia-se com os Jesuítas e os Índios que viviam na localidade. Suas obras na arquitetura da Igreja, nas pinturas, nas esculturas ou no entalhamento, são marca registrada do início da tradição artística do município.

O ano de 1920 é marcado pela chegada de Cassio M’Boy, que é um de seus maiores expoentes artísticos. Em 1937, Cássio M’Boy, conhecido como santeiro de Embu, ganha o Primeiro Grande Prêmio na Exposição de Artes Técnicas em Paris. Cássio foi professor de muitos artistas e recebeu em sua casa grandes nomes do Movimento Modernista de 1922.

Após Cássio M’Boy, chega Sakai de Embu, que foi discípulo de Cássio e veio a ser reconhecido internacionalmente como um grande escultor em terracota. Sakai, junto à Solano Trindade, formou um conhecido grupo de artistas plásticos em Embu.

Em 1964, a tradição artística da cidade ganha projeção nacional e internacional, com o Primeiro Salão das Artes. Ao final da década de 60, a cidade passou a ser polo atrativo para os hippies, que faziam exposições de seus artesanatos aos finais de semana, dando origem à Feira de Artes e Artesanato.

A Feira de Artesanato...

Em 1969, passa-se a realizar todos os fins de semana a Feira de Arte e Artesanato. Inicialmente a feira era apenas aos sábados, mas com passar do tempo, os artistas participantes começaram a ficar hospedados na cidade e, em muitos casos, passaram a viver em Embu e a partir daí também iniciam suas exposições aos domingos e feriados.

Em 2019, a Feira de Artesanato de Embu das Artes completou 50 anos de história, é uma das maiores exposições de arte ao ar livre do país e, é o principal atrativo turístico do município.

Em 60 anos de história, Embu das Artes construiu um lindo caminho de reconhecimento e popularização da arte brasileira. Com seus mais de 700 expositores, apresenta ao seu público, muitas opções de produtos e inspirações, desde moda até decoração. Nossa cidade tem tudo o que você precisa para aproveitar um passeio agradável e cheio de cultura.

Então está esperando o quê? Vem para Embu das Artes!

Conheça nossa história, contada pelos que mais nos conhecem!

Nossa história - parte 1

NOSSA HISTÓRIA - PARTE 2

NOSSA HISTÓRIA - PARTE 3

Vídeos gentilmente cedidos dos arquivos do nosso associado Jaime Vicentini